2018 vê nascer o Porto Femme – Festival Internacional de Cinema!

Um festival de cinema no feminino que pretende exibir e divulgar o trabalho das mulheres na sétima arte, promovendo a igualdade e o empoderamento destas no universo cinematográfico.
Cinema realizado por mulheres, protagonizado por mulheres, sobre temáticas de mulheres, mas que, no fundo, é apenas cinema feito por mulheres para… todos os géneros.

Através dos filmes pretende-se educar e informar o público para as questões sociais e políticas que afectam as mulheres no mundo e dar voz aos feminismos procurando abranger os vários grupos e lutas.
O PORTO FEMME tem duas Competições Internacionais distintas: uma para trabalhos realizados por mulheres nos vários géneros cinematográficos; e outra para obras em que, pelo menos, uma mulher desempenha um papel fundamental (argumentista, produtora, animadora ou atriz principal).

O festival acolhe também uma Competição Nacional que pretende ser uma montra de exibição da produção portuguesa feita no feminino.
No festival será ainda atribuído o Prémio Lutas e Direitos das Mulheres ao melhor filme na abordagem às temáticas dos direitos da mulher e da violência de género, independentemente da competição em que estiver inscrito. Este prémio pretende dar visibilidade às temáticas desconcertantes que giram em torno da mulher, chamando-as para o centro do debate e estimulando a reflexão.

O programa integra ainda mostras não-competitivas versando a temática «As Mulheres no Mundo e do Mundo», com um programa especial do «Tricky Women – Festival de cinema animação» da Áustria e outro da CPLP, com participação de mulheres oriundas de países de Língua Portuguesa. Esta é uma organização da Associação Imaginário Digital que há 10 anos realiza projetos que trabalham na interface entre os campos do audiovisual, educação e tecnologias para a geração de espaços inovadores de criação e aprendizagem.

Este primeiro passo parece indicar um futuro, pois nesta primeira edição recebemos 393 filmes oriundos de cerca de 42 países.
O programa refletirá a diversidade de géneros, temáticas e linguagens. O público poderá assistir a 66 filmes na secção competitiva, 40 na Competição Internacional, 9 na XX Element e 17 na Competição Nacional.
O Festival dá este primeiro passo com o apoio de outros festivais parceiros que comungam objectivos como seja o Female Eye Film Festival, Tricky Women, Women’s Voices Now e Berlin Feminist Film Week. Estas são parcerias que têm permitido a partilha de programas representativos da produção cinematográfica no feminino que acontecem um pouco por todo o mundo.

O ano que antecedeu esta primeira edição foi de muita actividade. Através da realização das Porto Femme Sessions, nos Maus Hábitos, a organização também ofereceu ao público ciclos de cinema iraniano, húngaro, espanhol, argentino, são tomense, de animação portuguesa e, ainda, de cinema negro brasileiro, tudo no feminino.

O PORTO FEMME é um festival com uma oferta variada e apelativa para o público, que incluirá as sessões competitivas, as mostras, workshops, debates, sessões de Q&A, exposições, entre outras.

O festival vai acontecer de 30 de Maio a 03 de Junho de 2018 no Auditório da Biblioteca Almeida Garrett, no Cinema Trindade, no Maus Hábitos e na Casa das Associações do Porto, com a festa a iniciar e a terminar no Barracuda.